Páginas

sábado, 23 de janeiro de 2010

5 regras universais da escritura

Neste post Isaac Sweeney compartilha algumas regras da escritura que acho muitos de nós serão beneficiados como bloggers. Isaac ensina na Escola de Escritores, Retórica e Técnicas de Comunicação na James Madison University (Harrisonburg, VA) e é autor publicado. Seu blog é Ways With Words.
Seja escrevendo um blog, uma novela, um artigo de jornal, uma peça ou uma poesia, algumas regras são universais.

1. Revise

Nada que é escrito fica perfeito logo na primeira vez. Na verdade, muitos escritores não se importam muito com seus primeiros rascunhos; eles dizem que a verdadeira escrita é feita quando se revisa.

Revisar e revisar as provas são coisas diferentes. A leitura de provas significa voltar e buscar erros, desde gramaticais até de digitação. Revisão não se trata de achar coisas erradas, mas encontrar o que tornará o texto melhor.

Algumas perguntas básicas a serem feitas ao revisar um texto são: Estou sendo consiso ou posso dizer esta mesma coisa com menos palavras? Meu leitor entenderá minha idéia? Preciso explicar melhor o que quero dizer? Um exemplo ajudaria? Como isso pode ser dito de forma mais impactante?

Todos os passos seguintes são também algo para se pensar ao revisar textos.

2. Leitura de prova: É “Definitiva,” Não “Desafiante”

Leitura de provas e revisão são diferentes (ver número 1). Leitura de prova não é simples, mas é mais simples do que revisar. Requer uma checagem de erros — gramática, ortografia, escolha de palavras, corrigir nome de lugares, etc.
Infelizmente, quando se trata de escritos rápidos como blogs, rascunhos que contem erros são publicados várias vezes. No processo, estes escritores (e subsequentemente, seus blogs) perdem credibilidade. Isto pode se traduzir em menos tráfego. Como se sabe, tráfego é a veia pulsante de qualquer website.

3. Estrutura importa: Começo, Meio, Fim

Devaneios e partes de um fluxo de consciência são divertidos e terapêuticos. Mas verdadeiros escritores pensam sobre estrutura antes de publicar. Eles mudam coisas de lugar e/ou planejam. Uma vez que o processo de escrever é sempre caótico, o escritor precisa pensar sobre a estrutura antes de mostrar o texto para qualquer leitor.
Estrutura é uma coisa divertida para experimentar, mas cada texto deve ter um começo, um meio e um fim. Este começo, meio e fim podem tomar diferentes formas — esta é a parte divertida — mas devem estar presentes.
Algumas questões básicas sobre estrutura são: Meu começo mantem o leitor interessado? O meio contém importantes informações enquanto mantem a atenção do leitor? O meu fim deixa uma impressão duradoura?

4. Não tenha medo de mudar

Como eu disse, o processo de escrever é quase sempre caótico. O significado das palavras muda. O vocabulário dos leitores diferem. Talvez sua pesquisa planejada seja impossível por causa do desastre natural na Cidade X.
Qualquer que seja o caso, todos os bons escritores enfrentam a adversidade e se adaptam. Talvez um desastre natural seja extremo, mas fechar sem salvar o arquivo acontece com os melhores. Então o escritor deve adquirir algum tipo de antivirus para o computador — isto é uma mudança.
Pode ser tão frustrante quanto uma idéia que some sabe-se lá para onde, e o escritor é forçado a dispender horas de trabalho na lixeira digital. Algumas vezes mudar é tão básico quanto se adaptar no processo de escrever. Pode não haver tempo para o rápido esboço que o escritor faz antes de começar; em vez disso, o escritor trabalha direto em um rascunho, sobrando ainda tempo para revisar.

A vontade de mudar de um escritor é necessária.

5. Revise: Estou repetindo um objetivo

Não é possível insistir o suficiente na importância da revisão. Revisar tanto quanto possível. Um texto nunca está perfeito, mas o escritor deve sempre buscar a perfeição.

FONTE: http://www.problogger.net/archives/2009/02/13/5-universal-writing-rules/
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...