Páginas

sábado, 23 de janeiro de 2010

Gêmeos - meu signo do Zodíaco





Essa poesia, que desconheço o autor, me foi dada no meu aniversário por um amigo muito querido quando fazia Mestrado, lá pelos idos de 1994 [rsrsrs] na UFPB.


21 de maio a 20 de junho



Fica ao menos uma vez por trimestre
em tua casa, só com ela
e com tua gente,
por muito que Mercurio
te convide ao movimento.
Te fará muito bem ficar olhando
o abrir-se silencioso de uma rosa,
ou a brincadeira dos pombos
no meio da praça pública.

Aproveita mais de um entardecer
para olhar – se possível bem de perto -
o semblante castigado
dos que voltam, depois de haver vendido
sua força de trabalho:
no fundo dos olhos deles
arde, feroz, a esperança.

Que não te preocupe tanto
tua insegurança: este ano a dominarás
para sempre,
graças à opção a que a vida te obrigará.
E descobrirás, nos desvãos do teu peito,
poderosos mananciais,
enquanto janelas se abrirão
diante dos teus olhos
nos muros mais espessos.

Mas a culpa será tua
se o teu amor acaba.
A mulher nascida em gêmeos
deve, mais do que nunca jamais,
fazer valer sua proclamada independência,
entregando-se, luminosa e serena,
ao seu escolhido homem.

Mas convém evitar as cores esdrúxulas
durante os primeiros decanatos.
E tu, que no fundo queres agarrar a estrela,
não te inventes mais atalhos, já chega.
Continua em teu caminho
e atravessarás o arco-iris.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...