Páginas

sábado, 23 de janeiro de 2010

Roubo de fogos


Minha gente, uma coisa inédita aconteceu nesse ano novo aqui em João Pessoa. Estávamos todos na praia, aguardando o show pirotécnico antes do show de Zeca Baleiro, quando o mestre de cerimônias entrou para dar um aviso. Disse ele que tinha péssimas notícias e logo entramos em pânico pensando que a razão de estarmos todos na praia, de pés descalços, sentados na areia, não tinha vindo fazer as honrarias.


Meu Deus!!! Zeca Baleiro nos deu o bolo. Mas que nada, o cara vinha nos avisar que vândalos haviam roubado a balsa que estava com meia tonelada de fogos, para pipocar na passagem de 2007, havia sido roubada.


Fato inédito, bem observado por um transeunte que disse: -- Já vi roubarem tudo na vida, mas é a primeira vez que vejo roubarem fogos. Pois é, apesar a atração principal ter vindo e ter dado um ótimo show, a passagem do Ano ficou até um pouco sem sal. Todos gostamos de brindar ao som do espocar dos fogos de artifício. Os namorados se beijam, os amigos se abraçam, tudo ao som dessa trilha sonora tão própria à passagem de ano. Mas que pena, não tivemos isso esse ano. Bem, mas o que importa mesmo é a diversão e, depois da frustração, jogamos nossas sandálias pra cima e entramos no ritmo do Zeca, que fez uma belíssima homenagem aos artistas paraibanos.


Logo após veio o show de Totonho e os Cabras, um artista local, que também deu uma palhinha junto com Zeca e finalmente para entrar na madrugada, amanhecendo com a Orquestra de Frevo. Foi uma noite muito legal, praia lotada, gente calma sem brigas, só muito reggae, carimbó e depois os pés doídos.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...